07 maio 2010

Cadê os meus pompons?

Olá gente boa!!

Primeiro eu preciso agradecer o carinho de todas as minhas seguidoras! Adoro os comentários!Vocês não fazem ideia de como me sinto bem, fico ainda mais motivada! Obrigada mesmo pessoal!

Ontem fiquei frustrada porque o post sobre a CEF era para ser bem bacana, mas o site estava "bixado".Paciência, semana que vem eu trago mais novidades sobre esse assunto.

Essa semana foi difícil porque quase não consegui dormir...problemas de família, ligações na hora do meu sagrado soninho, sentimentos, sentimentos, sentimentos. Fora a bendita ansiedade que eu tanto falo, por mim eu seria uma fada, piscava os olhos e pronto! Mas sei que não é assim, que tudo tem seu tempo, que cada desejo vem sempre de uma luta. Eu sei. Estou focada nisso.

Agora chega de nhenhenhen que eu fiz um PAP sobre como se faz um pompom. Isso me veio na cabeça porque pensei que alguém não soubesse e não ia fazer mal mostrar, certo? Certo!

Então vai lá!

Os tais dedinhos do "V" de Vendetta rss

Essa linha era complicada rsss, cheia de cores e tal, mas tem 30 voltas.Oi? e esse varal?

Coloquei essas duas agulhas de crochê só pra visualizarem melhor o nó.

Quando você cortar vai ficar assim, meio bagunçado, mas depois é só aparar.

O pompom fica assim e é aquela coisa: quanto mais voltas mais "cheinho" ele fica.

Esse foi o tapete que eu fiz para o Nego, o gato de uma amiga minha.

Dica: Para amarrar, prefira um barbante da mesma cor do fio ou linhas de crochê, eu tentei amarrar com a lã e não deu certo.
          Para juntar tudo una-os pela linha que você usou para amarrar os pompons.


Semana que vem vou trazer um projeto de tapete muito bacana!!



Hoje tive que vir toda arrumada trabalhar, fiquei parecendo a Hilda, só me falta fazer essa cara pro chefe! !

3 comentaram:

Raquel de Oliveira disse...

Já te disse que tô apaixonada pela Hilda...hehehehe. Adoro as ilustrações.
Bom amiga, não sei exatemente teu problema com a CEF. Mas estou descobrindo que tudo depende da a agência. Cada uma tem um orçamento e seu próprio modo de distribui-lo. Se a agência tem bastante investidores, libera mais financiamentos, se tem poucos libera menos. O melhor é contratar um despachante(DE CONFIANÇA). Eles ajudam muito com essa parte. Podem auxiliar a tirar as dúvidas. Tudo é burocracia nesse país. Beijocas!!!!

Nêssa Rodrigues disse...

Oi
Vim agradecer a visita...
É, estamos mesmo no "mesmo" barco, tb estou te seguindo...poderemos trocar muitas idéias né!

Bjos
http://aesperadoape.blogspot.com

Lola Sciwinzki disse...

Monica querida, como vc está?
Não fala em dormir, cada dia eu durmo pior, meu sono é um horror.
Menina eu sou doida pela Hilda, é da mesma turma que eu, das gordinhas!!!!
kkkkkkkk
Adorei esse negócio do pompom, eu vou é criar coragem e fazer tb.
Vamos ver se o tempo deixa.
Bjs.

Postar um comentário

Você gostou? Quer dar sua opinião?Compartilhe comigo!